Wednesday, October 23, 2019

Ministérios Pão Diário - De irmão para irmão


https://paodiario.org/2019/10/23/de-irm%c3%a3o-para-irm%c3%a3o%e2%80%a9/


De irmão para irmão



Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei… João 13:34


Meu irmão e eu, temos menos de um ano de diferença, fomos muito “competitivos” enquanto crescíamos (leia-se: briguentos!). Papai entendia. Ele tinha irmãos. Mamãe? Não muito.

Nossa história poderia muito bem levar o título “Rivalidade entre irmãos”. Caim e Abel (4); Isaque e Ismael (21:8-10); José, Benjamim e os demais (37). Mas em questão de animosidade entre irmãos é difícil superar Jacó e Esaú.

Jacó, o irmão gêmeo de Esaú o tinha enganado duas vezes, então Esaú quis matá-lo (27:41). Décadas depois, eles se reconciliaram (33). Mas a rivalidade continuou entre os seus descendentes, as nações de Edom e Israel. Quando o povo de Israel se preparou para entrar na Terra Prometida, Edom os encontrou com ameaças e um exército (Números 20:14-21). Muito mais tarde, quando os cidadãos de Jerusalém fugiram das forças invasoras, Edom exterminou os refugiados (Obadias 1:10-14).

Felizmente para nós, a Bíblia não contém apenas o triste relato do nosso fracasso, mas também a história da redenção. Jesus mudou tudo, dizendo a Seus discípulos: “Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros…” (João 13:34). Dessa maneira, Ele nos mostrou o que isso significa morrendo por nós.

Hoje mais idosos, meu irmão e eu somos bem próximos. Quando respondemos ao perdão que Deus oferece, a Sua graça pode transformar nossas rivalidades em amor fraternal.

A rivalidade entre irmãos é natural. 
O amor de Deus é sobrenatural.


© 2019 Ministérios Pão Diário
A rivalidade entre irmãos é natural. 
O amor de Deus é sobrenatural.

No comments:

Post a Comment